Artigos‎ > ‎

Desenvolvendo com GitHub

Por BrunoMine

Para os desenvolvedores de Minetest, o GitHub é o servidor de Git mais utilizado para hospedagem e desenvolvimento de projetos, então esse artigo tem por objetivo ensinar a desenvolver projetos no GitHub.
Você já deve saber que normalmente usamos comandos de terminal para gerenciar repositórios, no entanto o foco aqui é a utilização de um repositório com interface gráfica.
Vale lembrar que nesse artigo, partiremos do pressuposto de que você já sabe como funciona um repositório.

As interfaces gráficas recomendadas aqui serão:
Encontrando um Projeto no GitHub
Em primeiro lugar você precisa saber onde vai contribuir. Você pode criar seu próprio repositório pelo site do GitHub ou fazer um fork de algum projeto público.

Projetos públicos

Antes de continuar aqui, vale lembrar que projetos em minetest normalmente seguem a regra de projetos públicos, ou seja, você não pode realizar commits (alterações) diretamente no projeto onde deseja contribuir, ao invés disso você precisa criar um fork (uma cópia/derivação própria) do projeto e realizar os commits nele para só então fazer uma solicitação de puxar (para o dono puxar suas alterações) ao projeto principal (isso é conhecido como Pull request) e aguardar a aceitação pelo dono do projeto. Nesse caso você deve saber que o repositório que você vai trabalhar é o seu fork próprio e não o projeto principal (a menos que o dono lhe tenha dado permissão de edição direta).
Projetos (ou derivações/forks) no GitHub possuem os links HTTPS (começa com
Agora que você já sabe onde estão seus URLs vamos para o software de interface gráfica que você quer usar.https://) e SSH (começa com git://) na página do projeto. 


Usando GitHub Desktop
Para gerenciar seus repositórios com o GitHub Desktop basta se conectar à sua conta no GitHub pelo GitHub Desktop e todos os projetos onde você é participante aparecerão para você gerenciá-los (a interface é bastante agradável e intuitiva).

Usando GitKraken
Para gerenciar seus repositórios no GitHub com o GitKraken você vai precisar configurar uma chave SSH em sua conta no GitHub. Após isso, basta entrar no GitKraken, ir no icone da "pastinha" no canto superior esquerdo e depois na opção Clone (ou Clonar) e finalmente você escolhe a opção GitHub onde você precisará conectar à sua conta no GitHub e já vão aparecer os seus repositórios no GitHub para clonar (baixar) e gerenciar (a interface é bastante agradável, mas pouco intuitiva).

Usando RapidSVN
Gerenciar um repositório do GitHub com RapidSVN é muito simples. Como você já deve ter notado na primeira imagem desse artigo, o GitHub já fornece a URL HTTPS para você fazer Checkout no RapidSVN. 
Abra o RapidSVN e vá na opção Repositório > Checkout... (ou tecle Ctrl+O)
Preencha com o URL do tipo HTTPS copiado do GitHub e escolha uma pasta.
Na primeira vez ele pode pedir um login e senha (insira os da sua conta no GitHub) e um destino do seu computador para salvar os dados do repositório (Caso de algum problema de autenticação você pode ter colocado a senha errada então de um clique direito no repositorio criado no seu RapidSVN e clique em [Conectar...]). A interface do RapidSVN pode não ser tão agradável e intuitiva, mas isso não vai ser problema para quem já tem habilidade nele. 
Você pode adicionar quantos repositórios desejar (repetindo esse processo).